quinta-feira, 28 de julho de 2011

(Sem Título) - Baumann ( Noite )


Louco era...
Quando entrava em teus sonhos,
Para poder sonhares comigo,
E vela sorrindo ao despertar do dia...
Quando desenhava tua boca,
Numa página branca da solidão,
Para poder beijá-la todas as horas...
Quando pintava teus olhos,
Para ver por onde caminhas,
E neles lhe encontrar por mero acaso...
Quando escrevia teu nome,
Pelas areias desertas da mente,
Para nunca ficar só em meus pensamentos...
Quando me despedia de todos,
Mesmo quando não havia ninguém,
Só pelo prazer de lhe esperar,
Mesmo que este dia nunca surgisse...
Quando naufragava em devaneios,
Escrevendo-lhe meu amor contido,
Para nunca deixá-la entristecida,
Numa gaveta de lembranças esquecidas...
Quando sentia saudades,
Dos encontros que nunca tivemos,
E poder sorrir feito louco,
Dos sonhos que um dia sonhei...

baumann(noiTe)
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...