sexta-feira, 1 de julho de 2011

Cobrança - Lariel Frota

Que criatura estranha,
Quer ser livre, mudar 
Grita, esperneia me arranha,
Suplica por "outro lugar".
Quando penso em agradá-la
Colocando-a no papel,
Se retorce em dor e agonia
E a dor que já não sofria,
Volta carregada em fel !!!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...