sexta-feira, 1 de julho de 2011

CADA VEZ - Rogério Camago





Hoje é o primeiro dia dos que restam.
Olho pra ele com tranquilidade.
Seremos bons amigos e não prestam
as previsões baseadas na ansiedade.



Os pensamentos, loucos, sempre infestam
minha cabeça – é a normalidade.
Eles apenas tão somente atestam
que fiquei velho com a mesma idade.

Hoje é o primeiro dia do futuro.
Se estou um pouco ainda num escuro
é porque em vez de olhar tento prever.

Um passo a cada vez e olhos abertos:
por mais que sejam trôpegos e incertos,
é isso o que me resta pra viver. 

01.07.2011
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...