terça-feira, 25 de novembro de 2008

Mar - Flávia Fongaro


(Mar) Técnica mista – aguada sobre papel canson
A4

Através da experiência artística é possível dar estes saltos, e é isso que busco no ateliê terapêutico.

Minha experiência tem me ensinado muito, principalmente que o mais importante é abrir as portas da sala e dar condições que o fazer artístico aconteça.

Muitas pessoas perguntam se vou examiná-las ou descobrir seus segredos pelo que expressam nas suas obras.

Eu as asseguro que não e explico que trabalho com a facilitação do processo expressivo e sua realização. A leitura que é feita é puramente formal, isto é, devolve-se para o indivíduo o que ele expressou na forma. Como ocupou os espaços, onde ha mais luz ou peso, a qualidade dos traços e etc.

O conteúdo só é discutido com o sujeito se ele o permite e a partir de suas próprias considerações.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...