sábado, 24 de dezembro de 2011


Pétalas caiam ao relento
No lago da despedida...
Percebi num último alento,
Seus olhos se voltarem para trás,
Pareciam lembrar nossos dias felizes...
No jardim sobraram algumas flores,
E rabiscos de amor eterno,
Tatuados nas árvores...

baumann(noiTe)
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...