quinta-feira, 8 de novembro de 2012

O segredo entre dois joelhos (2° CAPITULO) - Lariel Frota






Não se lembra quando   tudo começou. Não dera importância aos primeiros sinais  discretos. Recorda-se vagamente de umas fisgadas doloridas, uma dorzinha chata que  aparecia repentinamente depois de alguma estripulia  e se espalhava aos poucos, sintomas sempre atribuídos a algum excesso cometido.
            Na rotina agitada não tinha lá muito tempo pra ficar atenta a pequenos sinais do corpo. Extremamente ativa superava as crises tomando um anti inflamatório, um analgésico e só.
            Quando alguém alertava sobre a necessidade de procurar ajuda profissional respondia simpática:
            -Basta juntar os joelhos na horizontal pra tudo voltar ao normal!
            Perdida  em pensamentos,   sorri ao pensar que pela segunda vez em pouco tempo há uma referência aos joelhos em suas divagações solitárias.  Recorda  as aulas de biologia no tempo de ginásio. O professor  apaixonado por antropologia, defendia  teses pra lá de interessantes:
            -O corpo humano foi planejado para andar de quatro. Quando se fixou sobre duas  pernas para alcançar alimento, desprezou sua natureza, começou a agredir as articulações forçando posições para os quais não estava programado.
            Lembra das risadas maliciosas dos meninos no fundo da sala, diante das  citações: posições,  duas pernas….de quatro, que disparavam  o  alarme dos hormônios em plena efervescência. As meninas com um leve rubor de faces também se demonstravam instigadas por pensamentos picantes, a maioria deles inconfessos.
            Entre risadas e cochichos o  assunto provocava um frenesi incontido:
            -Já pensou?   A Meire com aquelas coxas grossas andando de quatro na minha frente? Ai que tentação!
            -Cala a boca garoto, se o irmão dela escuta vai dar confusão!
            O professor repreendia severamente e a aula de anatomia sobre as articulações  continuava, enquanto todos, inclusive ela, divagavam  sobre as  brincadeiras maliciosas e todas as possibilidades futuras do vai e vem das suas articulações…
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...