quinta-feira, 8 de novembro de 2012

O Segredo Entre Dois Joelhos (1° CAPÍTULO) - Lariel Frota


            Teria de fato extrapolado alguns limites  e estaria pagando  pelos excessos?
            Razoavelmente  discreta em suas idas e vindas achava que  se não  chamasse  demasiado a atenção, ninguém jamais viesse a  criticá-la. É certo que exagerava na cor: vermelho, prateado, roxo, dourado, de oncinha ou zebrinha. Não que pra profissão fossem  indispensáveis, mas sempre foram grandes aliados. Pra ela,  junto com o batom e óculos escuros,   o  par de sapatos de  salto agulha de  cor vibrante, o mundo  com todas as suas vicissitudes parecia mais  fácil de se encarar.
            Não confessava a ninguém, mas gostava de ouvir o  pac, pac, pac…do salto  ecoando no piso por onde passava. Sabia que chamava  pra si alguns  olhares como se  estivesse numa passarela iluminada. Dispensar o salto altíssimo, que além do mais salientavam suas curvas femininas, sempre estivera completamente fora de cogitação.
            Certamente está pagando pelos pecadilhos de sua vaidade. Quem sabe devesse ter dado a devida atenção  as dicas da avó tão cheia de sabedoria, que ensinava brincando ou brincava de ensinar com as cantigas inventadas para cada ocasião.

            Menina não despreze os conselhos
            Daqueles que te querem bem,
            Zela pelo  que tens entre os joelhos
            Cuidado com  o vai e vem!!!!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...