terça-feira, 25 de setembro de 2012

Cigarros e Amor - Danny Marks




Ontem você perguntou-me se eu te amo e eu não soube responder.
É estranho falar desse estranho amor.
Acho que ele é como um cigarro, existem muitas marcas diferentes, umas mais fortes outras mais fracas,mas você nunca sabe qual é o sabor antes de fumar até o fim.
Alguns dizem que eles fazem mal ou talvez nós que os fazemos mal.
Algo assim como o amor.
É difícil distinguir só pelas cinzas, pelo brilho nos olhos,   o sorriso parado nos lábios.
Somente quando termina é que você sabe se realmente valeu a pena, se foi bom ou mal, mas aí já terminou.
E você tenta mais um e depois outro, até ficar viciado.
Realmente é difícil falar do amor porque sempre fica a dúvida da qualidade do que está a sua frente, quanto tempo vai durar, o que fará com você.
Quando começa  não sabe o que vai sentir, se vai ficar satisfeito ou com mais vontade que antes.
Então você coloca um cigarro nos lábios e um amor no coração e tenta aproveitar o máximo até que a chama se apague pra sempre ou até o próximo maço.

(Danny Marks - 25/12/1980)
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...