sábado, 15 de setembro de 2012

A Rosa e o Beija-flor - Danny Marks



Era uma vez uma rosa
que vivia toda prosa
por ser a rainha das flores
por ter as mais belas cores.
Aos amigos oferecia seu perfume
suave como a luz do vaga-lume
e aos inimigos, seus espinhos
que apenas feriam um pouquinho
Mas, eis que um dia
em que ela cantava e ria
conheceu um passarinho
e por ele encheu-se de carinho
Para ele ofereceu seu perfume
suave como a luz do vaga-lume
mas ele nem percebeu
e partiu para o céu
deixando a rosa ferida
na dor do amor, perdida
A primavera foi embora
mas o que podia fazer a rosa agora?
Sem amor, sem esperança
sem perfume, canção ou dança
Desbotada, desfolhada pelo vento
caiu ao chão sem ressentimento
deixando no ar seu perfume
suave como a luz do vaga-lume
mas, eis que surge no espaço
Aquele pássaro, deixando no céu um fino traço
e aproximando-se da rosa caída
perdida e quase sem vida
a toma em seu bico com carinho
e a leva pelo céu,
para com ela fazer seu ninho....

(Danny Marks - 09/02/1982        11h09min)






Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...