sábado, 19 de novembro de 2011

Em Nós - Danny Marks



Ontem quando não havia amanhã
no tempo que em “hoje” escorria
sombras insones de dias,
não, não era eu quem dormia.

Depois, com sua ajuda,
andando claudicante
com primeiros passos
fui avançando, sempre adiante.

Mundo, mundo, vasto mundo
Que nome tenho?
E agora? José?
Manoel? Lino, talvez?

Não importa mais quem sou
Todos em um, sonho
Um em todos, exemplo
Mundo sem fim
No fim, motivo de tudo
Por fim, juntos, nos justificamos
No instante de nós
Ler...

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...