domingo, 16 de outubro de 2011

Heaven in Hell - Danny Marks



Aqui não é o paraíso.
No mundo onde vivo isso só existe para aqueles que acreditam que viver é um inferno. Não sou um desses.
No mundo onde vivo não há desculpas, não existe espaço para arrependimentos, não há tempo para lamentações, não se pede perdão. Aceita-se a culpa.
As regras são assim. Você faz as escolhas e aguenta as consequências. Não dá pra dizer que não sabia, não há volta, o caminho te empurra para frente e segue, com ou sem você.
Não dá para esperar ter certezas, elas vêm com os fatos, ou nunca.
De vez em quando alguém tenta quebrar as regras, mudar tudo. Às vezes consegue, por algum tempo. Mas as regras são feitas para que todos tenham as mesmas chances de escolher, e quando há escolhas as coisas cobram.
Não há escolhidos, protegidos, privilegiados. O que um tem a mais é o que o outro mais deseja, e se puder vai tomar sem pedir.
Guerra não há porque aqui ninguém pode ser conquistado. Mesmo quando completamente derrotado. O vencedor só poderia levar os destroços, inúteis, do que foi livre.
A liberdade não é apenas uma palavra, não é um sentimento. É um estado de ser, o sentido de existir, o motivo que não se busca por não estar em nenhum outro lugar senão onde lhe é propicio.
Isto não é um jogo. Talvez um acordo não escrito que você não assina e não percebe que entrou, mas não pode sair.
No mundo onde vivo não existe crueldade; até a ira mais profunda é fria como a certeza de que nem todos vão conseguir o que desejam e desses, poucos vão ficar satisfeitos, por pouco tempo.
Não há um sentido oculto por trás disso. Nenhuma verdade inalcançável guardada por legiões obscuras de seguidores do absoluto nada.
No mundo onde vivo, sentido é o que você empresta aos seus atos, os resultados são os seus tesouros e as respostas o seu poder.
É quando percebe que está no mundo há muito tempo, percebe que já foi longe demais e que aquele que o seguia vai passar por você e levar apenas a lembrança do seu rosto.
Até que, mesmo isso, desapareça.
Só então terá paz.


Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...