quarta-feira, 20 de junho de 2012

APENAS PEDRA - Lariel Frota


Não era  a do poeta,
Ou seria!
Não.  Era uma  apenas pedra
Que noite e dia,
Permanecia
No mesmo lugar.
Alguns  não a  notavam,
Outros a pulavam,
Crianças brincando a pisavam.
O sol a aquecia,
O vento acariciava,
A poeira a encobria,
A chuva a limpava.
E ela permanecia
No mesmo lugar!
Esperando  noites sem nuvens
Pra se despir da dureza
 E toda nua
Mostrar  sua beleza
 E sussurrar pra estrela:Sou tua!!!!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...