quarta-feira, 15 de dezembro de 2010


O mau


Não é teu cheiro
nem tuas idéias que me conquistam.
É mesmo a textura e o calor da tua pele.
Do teu corpo grande
é a tua mão infantil que combina comigo
Ela encontra os meus prazeres
deixa-os totalmente entregues a nós dois.
E a tua boca, os teus beijos invasivos,
as ancas que se prendem,
libertam os suspiros,
os gemidos, os nossos encantos.
E porque és mau me dás o que tens de bom
sem reservas, sem anseios.

Anne Fonseca
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...