segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Microcontos Diversos


-->


No Meu Rosto

Eis que escorre em meu rosto, reflexos do teu olhar.
Surpreendo-me a sorrir de tristeza, embora quisesse chorar de alegria.
O Mundo dá voltas poderosas que centrifugam a vida.
Céus! Uma luz que seque a minha face.
Permanece em meu rosto, o teu, preservado na lágrima seca.


Tuas Mãos

Te dei meus olhos. Não vi o que fazias, quem tu eras.
Depositei meu coração em tuas mãos.
Senti o aperto que o fez escorrer, aos pedaços, por entre os dedos.
Não morri, então.
Já estava morto, quando te dei meus olhos!

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...